ATENÇÃO!!! È permitida a utilização, total ou parcial, das idéias e dos textos abaixo, desde que indique a autoria da Profa. Maria Lúcia de Freitas Beraldo. A referência bibliográfica deve ser feita da seguinte maneira, de acordo com a NBR 6023 – ago./2000 :  

Beraldo, M.L.F. Título do texto Disponível em: www.sexologiajf.com.br | Acesso em:(colocar a data em que acessou a página).


Ejaculação Precoce


Vimos na fisiologia do orgasmo masculino que este é  desencadeado pelo aumento da tensão sexual, de modo que os órgãos sexuais acessórios realizam intensas  contrações que fazem o líquido seminal, vindo da próstrata, das vesículas seminais e do Canal Deferente acumular-se na Uretra prostática. A partir do momento em que as contrações dos músculos perineais, da próstrata e do corpo do pênis foram desencadeadas, a expulsão do sêmem é inevitável.  Este estágio, tecnicamente chamado de Inevitabilidade Ejaculatória, é o “X” da questão do ejaculador precoce, pois, o homem não consegue perceber os sinais físicos que antecedem sua ejaculação a tempo de retardá-la. È importante ficar claro, então, que o que define a ejaculação precoce NÂO é o tempo que o homem leva para ejacular, e sim a incapacidade deste em controlar a sua ejaculação.

Psicodinâmica do Ejaculador Precoce          

            Existem casos em que o homem, desde o início de sua vida sexual, ejacula rapidamente. Consideramos, então, uma disfunção sexual Primária.
Na verdade, essa disfunção é muito mais comum do que se imagina. No início dos estudos em sexologia, pensava-se que sua ocorrência seria devido ao padrão de iniciação sexual, com uma espécie de condicionamento em “rapidinhas”.  Encontramos este tipo de condicionamento em homens mais maduros,  cuja vida sexual tenha se iniciado com prostitutas ou relações sexuais em condições “arriscadas”. Contudo, sabe-se hoje que este é apenas um fator, pois mesmo jovens em condições de total liberdade para atividade sexual, inclusive com suas próprias namoradas, apresentam tal quadro.
Podemos observar que muito do que os homens aprendem sobre sexo, antes de terem experiência própria, baseia-se em conversas com amigos ou filmes pornográficos.  Contudo, estas informações focam mais em  desempenho sexual do que detalhes de autocontrole. Dificilmente um   colega comentará com o outro algo como: “então eu parei, diminui a velocidade, ou respirei fundo e  mais pausadamente”...Se bem que nos filmes pornôs, se assistirmos com um olhar crítico, podemos reparar nos “atores” masculinos tomando estes  cuidados.  Mas dificilmente um jovem irá perceber tais detalhes.
Pode acontecer de o homem ejacular rápido tanto na masturbação quanto em contato com a mulher. Neste caso, consideramos a disfunção global. Em outros casos,  o homem só ejacula prematuramente quando em contato com as mulheres e não na masturbação, ou com uma  mulher específica e não com outras: é adisfunção situacional. De qualquer modo, quando o problema é o contato com a mulher, pode acontecer de:

  1. O homem ejacular em qualquer tipo de contato mais “quente” com uma mulher ou
  2. Ejacular tão logo o pênis se aproxime da vulva feminina ou
  3. Ejacular logo que penetra na vagina ou
  4. Ejacular logo após alguns impulsos depois de penetrado. 

            Em geral, os homens consideram a glande o ponto mais sensível, e falam de um “calor” nesta  região.  De forma equivocada, muitos pensam que a ejaculação precoce está ligada a uma sensibilidade exacerbada. Daí, utilizam pomadas anestésicas, que complicam a situação por anestesiar a vulva feminina. Na verdade, o ponto não está na sensibilidade, mas no pouco treino de autopercepção, na ansiedade e no temor de desempenho.
No caso do homem que sempre ejaculou precocemente, além da capacidade de autopercepção, deve ser observado se  ele é uma pessoa naturalmente ansiosa. Homens com este perfil tendem a trazer para a arena sexual o seu estilo de lidar com tudo o que o cerca. Ficam angustiados, querendo desempenhar logo a “tarefa”.  Depois de sucessivos episódios onde a ejaculação acontece antes do esperado, o homem geralmente vive a  relação sexual seguinte  como um expectador de si mesmo, buscando colocar-se à prova. E cada vez que não consegue alcançar o resultado esperado sente-se muito frustrado, tendo que lidar também com o   refelexo da ejaculação precoce na sexualidade do casal .


Av. Rio Branco 2721 sala 1502 - Centro - Juiz de Fora - MG

Tel.:(32) 3237-9241 ou 8821-8727
Blog SexologiaJF Youtube SexologiaJF Facebook SexologiaJF Twitter SexologiaJF Orkut SexologiaJF Sex Cidade
Corpyrigth @ - www.sexologiajf.com.br - Todos os Direitos Reservados