Para acompanhar as atualizações, faça seu cadastro no site www.sexologiajf.com.br ou siga-me no twitter: twitter.com/sexologiajf_mg

ATENÇÃO!!! È permitida a utilização, total ou parcial, das idéias e dos textos abaixo, desde que indique a autoria da Profa. Maria Lúcia de Freitas Beraldo. A referência bibliográfica deve ser feita da seguinte maneira, de acordo com a NBR 6023 – ago./2000 : 

Beraldo, M.L.F. Título do texto Disponível em: www.sexologiajf.com.br | Acesso em:(colocar a data em que acessou a página).


dúvidas sobre anatomia sexual


Oi! Não tive muitas experiências, mas do bem pouco que tive teve algo que me causou muita excitação e curiosidade.Já vi dois pênis pessoalmente e um deles me chamou bastante atenção e queria conhecer um pouco mais sobre esse detalhe.Sabe quando o menino fica em pé e o pênis fica super, super empinado quase rente ao corpo, apontando pra cima ? Pois é !Queria saber por que tenho tanta atração com pênis assim. Queria saber se é comum pênis assim e se todo pênis pode ficar assim se tiver muito excitado.

Obrigada. C.A. via site

 

 

Oi C.A.! Sim, isto é muito comum, mais tipicamente na juventude. È agradável de ver porque você percebe um sinal de claro de excitação intensa, e se sente responsável por aquele efeito, sentindo-se desejada.  Mas esta resposta intensa depende não só do grau de excitação, mas também do estado físico do rapaz. Isto quer dizer que ele pode estar muito excitado, mas se estiver meio cansado, ou bebido, mesmo que esteja muito animado, o pênis dele poderá  não ter a mesma resposta de quando ele estiver totalmente relaxado e com o corpo 100%. Então, se vc se interessar por alguém e o pênis dele não estiver do jeito que te agrada, não fique bolada e nem se perca em comparações, curta o momento e dê uma outra chance se for o caso.

Abs!

 

 

 

Meu nome é  Marcelo, moro em Barbacena e estive na sua palestra sobre sexualidade, onde desde já a parabenizo, foi brilhante e muito esclarecedora. Peguei o e-mail para um eventual esclarecimento sobre alguma dúvida. E de fato tenho uma dúvida:

  Quando era  criança,  eu tinha os testículos normais e etc. Depois de alguns anos,  notei que no, vulgarmente falando, saco, eu só tinha um testículo e só depois de muito tempo que eu reparei isso. Quando notei essa diferença, achei estranho, claro, ter apenas um, mas notei que não me atrapalhava em nada, pelo fato de eu ejacular normalmente e não sentir dores, nem nenhum outro incômodo. Só que, realizando um toque pela região pélvica, notei que no púbis, creio que seja isso, essa região que engloba o pênis e os pelos da região, notei uma protuberância do lado esquerdo e notei que é tipo um testículo, só que ele não desce e às vezes fica grande e também dói. Poderia me ajudar com relação a isso? É estranho você sentir que tem algo em cima e algo embaixo. (risos). Sempre tive vergonha de perguntar para algum urologista, tanto que, até hoje só fui a um e por causa de rins, nada com relação ao pênis e a região genital. Tenho essa dúvida há muitos anos, mas só agora que vi seu e-mail salvo aqui que eu lembrei de fazer a pergunta, é muito importante pra eu saber se está algo errado em mim, se eu tenho que procurar um médico, se esse “testículo”, caso seja mesmo que esteja aqui na parte de cima, tem que  descer, etc.

 Agradeço muito, desde já.

Oi Marcelo! Fico muito feliz por minha palestra ter-lhe sido agradável e principalmente tenha sido capaz de despertar-lhe o impulso de superar a timidez e fazer-me essa pergunta.Olha só, eu acho que o seu testículo que está em cima não chegou a estar embaixo (rs..)  talvez vc fosse ainda muito criança para perceber...se for isso, o seu caso chama-se criptorquidia. Acontece quando os testículos (ou apenas um deles não desce do abdome). Explico melhor: quando o menino está no útero materno, ainda em gestação, o testículo é formado dentro do abdome. Em geral, eles descem para o saco escrotal até o nascimento, outros demoram um pouco mais, até aos quatro meses.Mas quando chega aos seis meses sem descer, dificilmente descerá espontaneamente. Só que é importante que você procure um urologista, pois provavelmente vc terá que fazer uma cirurgia para colocá-lo no lugar, ok? Isto é importante por conta da sua fertilidade – o testículo fica pendurado fora do corpo porque a temperatura dele deve ser menor que a do corpo. Assim, vc estaria submetendo seus gametas a uma temperatura inadequada. Quando quiser ter filho, estará trabalhando com a metade apenas da sua produção. Sei, são milhares, vc vai dizer. Só que boa parte deles é naturalmente defeituosa, outros morrem no caminho... precisa sim, de uma quantidade grande para o mais “experto” chegar lá. Além disso, um testículo escondido no abdome não permitirá exames de apalpamento, a fim de detectar precocemente câncer de testículo, no futuro.  Tem mais: a cirurgia pode corrigir ou evitar que vc desenvolva uma hérnia (talvez esta dor e inchaço que vc sente já seja ela dando o ar de sua graça...), e que ocorra uma torção com prejuízo na circulação sanguínea, o que gera muita dor.

Além da estética, né? Vc poderá ficará mais á vontade diante das moças... Bom, é isso, mas lembre-se que eu sou psicóloga... Um médico poderá te orientar melhor, ok?

Um grande abraço!

 Lúcia Beraldo


Av. Rio Branco 2721 sala 1502 - Centro - Juiz de Fora - MG

Tel.:(32) 3237-9241 ou 8821-8727
Blog SexologiaJF Youtube SexologiaJF Facebook SexologiaJF Twitter SexologiaJF Orkut SexologiaJF Sex Cidade
Corpyrigth @ - www.sexologiajf.com.br - Todos os Direitos Reservados