Para acompanhar as atualizações, faça seu cadastro no site www.sexologiajf.com.br ou siga-me no twitter: twitter.com/sexologiajf_mg

ATENÇÃO!!! È permitida a utilização, total ou parcial, das idéias e dos textos abaixo, desde que indique a autoria da Profa. Maria Lúcia de Freitas Beraldo. A referência bibliográfica deve ser feita da seguinte maneira, de acordo com a NBR 6023 – ago./2000 : 

Beraldo, M.L.F. Título do texto Disponível em: www.sexologiajf.com.br | Acesso em:(colocar a data em que acessou a página).


Desejo Homossexual


Olá! Por gentileza me ajuda, sou homem, mas porque quando penso em sexo me dá vontade de ser mulher e  pior: mulher vulgar, com minissaia fio dental etc... E estou falando sério eu não queria que isso acontecesse, mas não sei por que atração passiva. me ajude!

R. via www.sexologiajf.com.br

Oi R!  Receio não ter  uma resposta satisfatória, pois o ideal seria uma conversa pessoal com vc...A sua orientação sexual vai depender muito de como é o sexo que se faz na sua fantasia.. . Um exemplo: algumas mulheres imaginam que elas são homens transando com elas mesmas, e neste momento, fantasiam ter os atributos que elas gostam em um homem. Isso é uma fantasia, é natural. Se vc fantasia que é uma mulher e ao mesmo tempo se imagina transando com ela (vc), não há nada de mais. É o exercício da sua curiosidade e fetiche ( minissaia e fio-dental), apontando uma certa admiração pela passividade e ousadia feminina. Agora se vc imagina que vc é esta mulher, e a figura masculina é claramente outra pessoa, pode sim, ter um conteúdo homossexual, mas pode também significar várias outras coisas... Por isso, se estes pensamentos lhe incomodarem muito, procure um especialista, e assim poderá se conhecer mais e lidar melhor com estes pensamentos.

Um abraço, boa sorte!

Não sou virgem mais desde os 16 anos, hoje tenho 19. Estou namorando  uma mulher, fantasio isto, mas nunca consigo chegar ao orgasmo com ela! Quero saber por que eu sinto atração pelos 2 sexos... Será que eu tenho apenas fantasia com mulheres? Eu tenho muitos sonhos eróticos com pessoas  conhecidas... Isto é normal, fantasiar sexo com  pessoas conhecidas? Ajudem-me, não me entendo!!!  A. M. via site ww.sexologiajf.com.br 

È possível  que a sua dificuldade de ter orgasmo esteja relacionada ao um julgamento de que estar com mulheres não seja algo  aceitável, embora desejável. Assim, você as deseja, mas não se entrega  às suas sensações de uma forma inteira. Afinal,  ao gozar com ela(s), você estaria definitivamente assumindo sua parcela homossexual. Aconselho-a rever os seus valores, detectando sinais dehomofobia ( a cultura nos injeta muitas informações homofóbicas, através da mídia, das piadas, e principalmente em relação à sexualidade feminina). Se você se descobrir bissexual, qual o problema? O importante é que você seja capaz de selecionar pessoas para se relacionar que  tragam algo de bom para sua vida. Se serão homens  ou mulheres, será questão de contexto.  Desejar pessoas conhecidas é natural, afinal, sua libido está à flor da pele. A questão é se você tem intenção ou não de  viver uma aventura com aquela pessoa e quais serão as conseqüências disso. Lidar com o desejo sexual e a fantasia faz parte da vida, todos nós temos que aprender a lidar com isso, independente de nossa orientação sexual.  Quanto aos sonhos eróticos, além de serem naturais pelo mesmo motivo,vale lembrar que  nem sempre o seu inconsciente está falando de sexo, mas de intimidade, amizade, necessidade de aconchego... Pode significar tantas coisas! Nem tudo é o óbvio no sonho. Estar em dúvidas com relação aos nossos sentimentos é bastante natural, principalmente nestas circunstâncias.  Dizem que quando a gente enfim  acha as respostas, já mudaram todas as perguntas rsrsrs...  Talvez,  o caminho não seja encontrar as respostas, mas compreender as perguntas... E isso você fará muito  bem se entrar em terapia ou análise.

boa sorte!!

 


Sinto atração homossexual, mas morro de vergonha de assumir esse meu lado. O que faço?

Realmente é uma escolha difícil. Todos nós necessitamos de  aceitação social, e a homossexualidade desperta várias reações sociais, que mudam de acordo com a geração e  a cultura. 
Acredito que o primeiro passo para  resolver o seu impasse  consiste em uma aceitação interior. Seria bom que você  investigasse a si próprio  a respeito do que pensa sobre a homossexualidade e como vê as pessoas que vivem esta condição. Você poderá se surpreender ao esbarrar com preconceitos  que nem imaginava que tinha. E é natural que os tenha, já que somos bombardeados desde pequenos com mitos e crenças relacionados à sexualidade, incluindo aí  a homossexualidade  e a expressão da masculinidade. 
Esta reflexão poderá lhe dar forças para que tome a sua decisão de assumir ou não sua condição homossexual com mais  tranquilidade e autoconfiança, de modo que não seja  tão importante  ter a aprovação social  para exercer  a sua sexualidade.  Caso sinta necessidade de se abrir com alguém, comece pelas pessoas em que confia, aquelas  que você sabe que,  mesmo que demonstrem um impacto inicial,  estarão do seu lado. Assim, quando as pessoas  próximas  de maior  resistência vierem a saber, você já estará mais seguro. Lembre-se sempre: o mais importante é que você  se aceite. 
Apesar de ser uma situação delicada, todos os  homossexuais que se assumem  passam por isso.  Uma boa saída pode ser procurar o MGM ( Movimento Gay Mineiro: rua São Sebastião, 345 tel.3218-7496 ), pois além  de você entrar em contato com pessoas que já passaram ou estão passando por esta mesma situação, eles contam com  profissionais da área de psicologia que oferecem gratuitamente suporte durante este processo . Boa sorte!

 Estou desconfiada que meu namorado esteja se encontrando com um homossexual e talvez até tendo relações com ele. Quando conversamos, ele nega tudo, mas tenho quase certeza, apesar de nossa atividade sexual não estar diferente. Isso pode mesmo acontecer? Ele pode se relacionar sexualmente com outro homem e comigo e gostar dos dois ao mesmo tempo? 

Sim, é perfeitamente possível que uma pessoa se relacione sexualmente com pessoas de ambos os sexos: é o que chamamos de bissexualidade, onde a orientação do desejo sexual segue, com a mesma intensidade, tanto em direção  ao sexo oposto (heterossexualidade) quanto  para  pessoas  do mesmo sexo (homossexualidade). A questão é que, devido às informações recebidas acerca da homossexualidade desde a infância ( por exemplo, através das piadas, caricaturas dos homossexuais nas novelas, comentários preconceituosos e brincadeiras de amigos, etc.), certa "homofobia"  acaba sendo internalizada, de modo que muitos não conseguem nem admitir para si próprios  a condição da homo ou da bissexualidade. Além disso, a  dificuldade da situação  é similar àquela do indivíduo heterossexual que se encontra envolvida com duas pessoas ao mesmo tempo: assumir o duplo envolvimento normalmente implica em ter que  escolher apenas um, e nem sempre se está  preparado - ou disposto - a efetuar  tal escolha.
No caso do seu parceiro,  se a sua suspeita for  verdadeira, a  escolha seria  mais do que optar entre dois amores, implicando também em assumir  - ou tentar sufocar - a sua dupla condição sexual.   

 Hoje em dia está virando lugar-comum mulheres se beijarem na boca em público, principalmente em veículos de comunicação, como jornais, revistas e programas de TV. Isso pode estimular pessoas que ainda não definiram sua preferência sexual?

Creio  que primeiramente devemos levar em consideração o tipo de beijo e as circunstâncias. O "selinho"ou o beijo seco não tem grande conotação sexual, usado muitas vezes até entre pais e filhos ( principalmente quando estes ainda são crianças). Há também aqueles obviamente teatrais, mais  ligados à promoção pessoal  do  que a uma manifestação de carinho, como o recente da Britney Spears e  Madonna. Contudo, a mídia não costuma veicular abertamente o beijo mais profundo entre homossexuais . Tome como exemplo o das meninas que representam o casal de lésbicas da novela "Mulheres Apaixonadas": pelo que tenho acompanhado, tanto o autor quanto a direção da novela afirmam que elas não vão passar de abraços e olhares ternos até o fim da novela. Até mesmo no Show de premiação da MTV, no qual elas foram apresentadoras, foi-lhes vetado pela Rede Globo  o fatídico beijo - a despeito de uma legião de fãs terem  implorado,  ansiosos pela cena.
Mas, suponhamos que elas se beijem na novela: uma pessoa, mesmo uma adolescente, não irá se tornar homossexual só por ter visto, pois a orientação sexual  não é algo que vem de fora; ela  é um processo interno que não pode ser induzido. Se pudéssemos fazer isto, muitas famílias que não aceitam a homossexualidade já teriam conseguido que aquele componente gay ou lésbico "virasse" heterossexual, nem que fosse pela pressão da chantagem emocional.
Assim, se a garota  tiver alguma tendência homossexual, ao ver duas mulheres se beijando,  poderá  experimentar uma sensação que a princípio considere inusitada, como desejo, satisfação, prazer, etc. Mas o que vai pesar mais na definição  da direção do desejo são os relacionamentos mais próximos, as experiências do dia-a-dia, e como ela percebe as suas relações com os rapazes e com as meninas de seu círculo social.

Maria Lúcia Beraldo
Psicóloga/mestre em Sexualidade humana


Av. Rio Branco 2721 sala 1502 - Centro - Juiz de Fora - MG

Tel.:(32) 3237-9241 ou 8821-8727
Blog SexologiaJF Youtube SexologiaJF Facebook SexologiaJF Twitter SexologiaJF Orkut SexologiaJF Sex Cidade
Corpyrigth @ - www.sexologiajf.com.br - Todos os Direitos Reservados